134

Prefeitura Municipal de Palmeiras

Pular para o conteúdo
Última atualização:
|
Prefeitura Municipal de
Palmeiras

Seminário "Rio de Contas, Cidade-Mãe da Chapada Diamantina, 300 Anos de História, Patrimônio Cultural do Brasil"

30/10/2023 às 08h57

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Seminário "Rio de Contas, Cidade-Mãe da Chapada Diamantina, 300 Anos de História, Patrimônio Cultural do Brasil"


A Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional na Bahia (Iphan-BA), a partir do Escritório Técnico de Rio de Contas, realizou, entre os dias 19 e 21 de outubro, o seminário "Rio de Contas, Cidade-Mãe da Chapada Diamantina, 300 Anos de História, Patrimônio Cultural do Brasil", no Clube Rio Contense, em Rio de Contas (BA). 


A SETURC foi representada pelos Diretores Nelcy Freire, Ricardo Rocha e Sirlene Rosa.


O evento teve o objetivo de discutir pautas patrimoniais de destaque na Chapada Diamantina e articular parcerias entre os entes Federais, Estaduais e Municipais da região para valorizar e preservar o Patrimônio Cultural.


Para o superintendente do Iphan na Bahia, Hermano Queiroz, “a oportunidade de celebrar os 300 anos de uma das cidades mais antigas do Brasil e que possui um dos conjuntos urbanos tombados mais preservados da Bahia é essencial para valorizarmos cada vez mais o nosso Patrimônio Cultural. Rio de Contas é um referencial de preservação”. 


O seminário foi realizado em parceria com a primeira edição do Festival Literário e Artístico de Rio de Contas (FLIARC) e priorizou discussões em torno de ações realizadas no território, como o Inventário dos Mestres Artífices da Chapada Diamantina, o projeto de Canteiro-Modelo de Igatu e os desafios da preservação de Conjuntos Arquitetônicos, Urbanísticos e Paisagísticos tombados.


Para a Chefe do Escritório Técnico de Rio de Contas, Sayonara Trindade, “colocar o Patrimônio Cultural do território como ponto central da discussão, trazendo os atores envolvidos no processo, é o único jeito de promover de forma ampla a preservação e conservação deste patrimônio”. 


O evento contou com uma programação diversa, abarcando o Patrimônio cultural em seus diversos aspectos: material, imaterial e arqueológico.


Prefeitura Municipal de Palmeiras

Mais avanços, mais conquistas!